Você já se pegou fazendo as seguintes perguntas: “o que fazer com o excesso de estoque”, “como otimizar as compras para evitar perdas?” ou “como fazer previsão de demanda?”. Sim? Então esse texto é para você!

Foi-se o tempo em que as decisões de manutenção do estoque de uma distribuidora eram baseadas no achismo. E é justamente aqui que a previsão de demanda é fundamental.

Hoje, essas empresas podem contar com a tecnologia a seu favor e largar de vez os tempos sombrios das planilhas abarrotadas de informações que ninguém consegue ler, o desperdício e, o mais importante, o prejuízo.

Entenda agora como soluções modernas como o James Tip utilizam essas novas tecnologias para aumentar a lucratividade do seu negócio diminuindo o desperdício e economizando tempo através da previsão de demanda.

Dados: o novo motor da sua distribuidora

Não é à toa que os dados são considerados o petróleo do século XXI, é através deles que é possível traçar estratégias alinhadas com o objetivo da empresa.

Contudo, dados sem a tecnologia necessária para processá-los e transformá-los em informações úteis para o seu negócio não valem de nada. Não passam de um monte de números sem sentido.

Mas é para isso que soluções que verdadeiramente fazem uma gestão eficiente contam com inteligência artificial e machine learning para processar todos esses dados e oferecer respostas!

Mas e como a previsão de demanda entre nisso tudo? Vamos explicar.

Como as novas tecnologias otimizam a distribuição e previsão de demanda?

Bem, começaremos falando sobre como essas tecnologias funcionam.

Machine learning e inteligência artificial são mecanismos pelos quais os computadores podem aprender de acordo com os dados coletados. É através da associação desses diversos dados que uma máquina pode indicar se está na hora de repor o estoque de um produto, por exemplo.

É fácil para um colaborador treinado tomar essa decisão quando se trata somente de um produto, não é mesmo? Mas e se fossem 1000? Ou 10.000? Aqui a situação começa a ficar mais complicada.

Além de fazer toda essa complexa análise de dados para todos os produtos em seu portfólio, também é possível levar em consideração questões como sazonalidade, evitando a compra de produtos seja dissonante da real necessidade.

E não para por aí, também é possível:

● Prever as vendas; e

● Dimensionar e monitorar estoques.

Mas por que isso é importante para a sua distribuidora?

Através de ferramentas que contam com essas avançadas tecnologias é possível:

● Tomar decisões de formas mais rápida;

● Aumentar a adaptabilidade, sendo possível realizar ajustes em tempo real;

● Ampliar a eficiência através de previsões de demanda minuciosas;

Tudo isso, consequentemente, gera melhores resultados.

Computadores que aprendem por conta própria e podem ajudar negócios a se tornarem mais competitivos e lucrativos não é ficção científica e pode ser a realidade do seu negócio agora!

Quer aproveitar de todas as vantagens que discutimos neste texto? 

Entre em contato agora e descubra como o James Tip pode te ajudar a faturar mais.

Saiba mais sobre o James Tip nesses artigos relacionados:

Controle de Estoque: O que é? Porque fazer? Como fazer? +5 Dicas

Como Big Data revoluciona seu negócio

Deixe um comentário